Japão de Norte a Sul - Hyogo

Com certeza você já ouviu falar muito sobre a capital da província de Hyogo, Kobe. Ou pelo menos de seus muitos produtos. A cidade é conhecida pela criação de gado da raça Tajima (Black Wagyu), cujo alto grau de marmoreio da carne é famoso e desejado no mundo todo!


Trazido para o Japão por volta do século II através da península coreana, inicialmente para puxar o arado nos campos de arroz, e logo á frente de carros de boi para transporte, o boi da região de Tajima (atual Hyogo) é menor e menos musculoso que os demais. Por conta do relevo local que dificulta seu transporte, a raça ficou isolada por séculos, tornando-se exclusiva desta região. Sua carne tem um elevado grau de marmoreio, e a gordura de maior qualidade derrete a temperaturas mais baixas que a de outras raças. Em 1983 foi criada a Associação de Marketing e Promoção da Distribuição da Carne de Vaca Kobe (神戸肉流通推進協議会, Kōbeniku Ryūtsū Suishin Kyōgikai) que transformou o Kobe Beef (神戸ビーフ) em uma denominação de origem controlada (lembrando que a carne que comemos por aqui, de boi criado e abatido no Brasil, é uma carne “tipo Kobe”, e não pode levar o nome de Kobe Beef). Por conta do pequeno tamanho dos rebanhos, e de sua complicada exportação/importação, algumas gramas desta carne chega a preços bem elevados mundo a fora.


Yakiniku de Kobe Beef em restaurante de Tokyo. Foto de Andréa Machado

Mas nem só de carne vive a província de Hyogo. É dos arredores do lindo castelo de Himeji que vem o prato favorito de muitos no inverno, o Oden. Este ensopado é a própria definição de comfort food, e aquece o corpo e a alma. Alguns ingredientes como tofu, daikon (nabo), ovo e konnyaku são cozidos em dashi, e servidos com karashi (mostarda japonesa).


O meu item favorito do Oden, o Mochi Kinchaku. Uma bolsinha de tofu frito (ague) recheado com mochi (bolinho de arroz glutinoso), em formato que lembra as bolsinhas usadas com Kimono. Este é do Izakaya paulistano Omoide Sakaba. Foto de Andréa Machado.

O imponente castelo de Himeji foi construído por volta de 1300, durante a era Muromachi, na base do monte Himeji. É considerado uma grande obra de estratégia militar, e o protótipo dos castelos japoneses. É patrimônio da humanidade tombado pela Unesco, e um dos pontos turísticos mais visitados do Japão.



Hyogo é uma das únicas províncias do arquipélago japonês banhada por dois mares, o Mar do Japão e o Mar Interior, sendo o porto de Kobe um dos maiores e mais importantes do Japão.


E é bem pertinho dali, na cidade litorânea de Nishinomiya, banhada pelo Mar Interior, que se encontra o melhor produto de Hyogo, o saquê!


Em uma área conhecida como Nada-Gogo, ou “as cinco vilas de Nada”, nasce a água conhecida como Miyamizu, uma água considerada dura (maior concentração de cálcio e magnésio), que promove o crescimento de microrganismos como as bactérias de ácido lático, o que deu origem á técnica conhecida como Kimoto, onde as bactérias de ácido lático crescem naturalmente no mosto (saiba mais sobre o arroz a Água Miyamizu aqui)


Nesta área de 12km se concentram as maiores sakaguras do Japão!

É em Hyogo também que nasceu o arroz Yamada Nishiki, e onde ele é cultivado com maior qualidade (saiba mais sobre o arroz Yamada Nishiki aqui).


Foi a Tamba Toji (escola local de toji, considerada uma das três principais) que desenvolveu e aperfeiçoou os métodos de polimento do arroz, utilizando os fortes e frios ventos do Monte Rokko para girar os moinhos de pedra, e ainda para refrescar os tanques e parar a fermentação.


Com boas matérias primas e grande conhecimento, Hyogo se desenvolveu como a região número 1 para a produção de saquês. É responsável por nada menos do que 30% da produção de saquês no Japão, produzindo mais de 126 toneladas de saquê por ano, em 69 sakaguras, muitas das quais com enorme capacidade de produção, como as gigantes Hakutsuru (a maior do mundo!) e Hakushika (sua principal concorrente).


E então, qual é o seu saquê favorito de Hyogo? Conta pra gente!


Kampai!


Por Andréa Machado. Sake Sommelière

79 visualizações

©2018 by Mega Sake