Sake Competition 2018

Uma vez por ano, geralmente em maio, acontece no Japão o maior concurso de saquês do mundo, com a participação de 1772 rótulos de 454 produtores diferentes (edição de 2018).

O concurso é organizado por uma das principais redes varejistas de saquê do Japão, a Hasegawa Saketen, e conta com juízes especialistas de todo o mundo. As degustações são às cegas, ou seja, sem que o julgador saiba qual rótulo ou marca está avaliando. Uma verdadeira maratona, mas em ritmo de corrida de cem metros, já que são centenas de saquês degustados por dia.


Jurados escolhendo o melhor saquê do ano.

Que tipos de saquê participam

São oito as categorias do Sake Competition: 1) junmai, 2) junmai ginjo, 3) junmai daiginjo, 4) ginjo/daiginjo, 5) super premium, 6) espumante, 7) design de rótulo e 8) saquê produzido fora do Japão. Em outros posts, em breve, vamos falar em detalhe sobre o que são essas classificações, ok?

Nas duas viagens que fiz ao Japão no início de 2019 – uma a lazer e a outra para visitar fábricas de saquê (post em breve) – consegui encontrar, com algum esforço, as garrafas campeãs das seis primeiras categorias. Boa parte já estava com o preço um pouco inflacionado, mas fazer o quê... é a lei da oferta e procura. De qualquer forma, a vontade de comprar era grande e os comerciantes por lá não costumam aplicar margens exorbitantes. Então comprei.

Embora com reservas, sempre acreditei que premiações em concursos são uma das importantes fontes de informação para a decisão de compra. Acredito que isso vale para os vinhos e também para o saquê.


Os premiados do ano do Sake Competition 2018

Vinhos e saquês: uma comparação

Nos vinhos temos milhões de diferentes rótulos. Nos saquês, os rótulos estão na casa dos milhares – lá no Japão. Em sua maioria, estão em japonês e, tais quais os vinhos, trazem informações técnicas obrigatórias e opcionais.

Se escolher vinho no supermercado do bairro aqui no Brasil pode ser difícil, imagine escolher saquê no comércio de lá. Pode ser apavorante. Ou, no mínimo, desanimador.

Então, premiações em concursos acabam se tornando uma fonte legal de informação, principalmente fora do Japão, de onde olhamos e, à primeira vista, vislumbramos um mercado hermeticamente fechado. Não são as únicas fontes de informação, mas se o concurso selecionou e destacou alguns rótulos, por que não tentar? Isso se o preço após a premiação não tornar a compra inviável, claro.


A maior competição de Saquê

São alguns concursos ao redor do mundo que premiam saquês, mas o Sake Competition da Hasegawa Saketen tem, de longe, o maior número de competidores. E o legal é que é exclusivo para saquês.

Há saquês, principalmente nas categorias mais caras, que alguns produtores já fazem mirando essas premiações. Em quantidades limitadíssimas, quando premiados, acabam por promover todos os demais rótulos da marca.


Loja da Hasegawa Saketen, em Omotesando, Tokyo

Se os saquês campeões do Sake Competition de 2018 são tudo isso? Vamos ter que aguardar cenas dos próximos capítulos. Junto com outros especialistas e apreciadores, vamos degustar essas preciosidades e, provavelmente, já adiantando só para você, leitor/leitora do blog, vamos realizar um pequeno evento para que alguns sortudos e sortudas possam também provar os campeões.

Aguardem notícias!

Fabio Ota



166 visualizações

©2018 by Mega Sake